Domingo, 3 de Outubro de 2010

Capitulo 2 - Acidente

Bom, aqui está o 2º Capitulo.

Espero que gostem, apesar de não me parecer...

Agradeço muito á Chloe e á Joana por me reverem este capitulo!

Este capítulo está gigantesco. Muito maior, por isso se preferirem dividam, eu só não dividi porque ficava mal...

 

* * *

 

Henry começou a pôr as músicas e depois veio ter comigo.

-Queres dançar comigo? - pegou levemente a minha mão.

Estávamos num estádio de basquetebol, havia mesas e jogos por todo o lado e conseguia ver alunos doutras turmas em várias partes do estádio.

As músicas eram daquelas loucas, para nos abanarmos todos, não era das que mais gostava, mas desde que estivesse com Henry, estava bem!

Quando a música acabou, começaram pessoas a despedir-se, a assinar as camisolas, AINDA a trocar números de telemóvel, a chorar, a despedirem-se, eu não queria fazer isso. Tinha sorte, que a Natasha era minha vizinha e Henry, morava ao pé da escola, a cerca de 900 metros da minha casa.

Todos levavamos uma camisola branca velha, para assinar e o Henry, obviamente, assinou a minha:

"Irei recordar este dia para sempre, o último dia de aulas do 12ºano, ano esse em que te pedi em namoro, após 1 ano sempre a olhar para ti. Amo-te muito. Beijinhos"

Oh, eu também o amo!

Já todos se tinham ido embora e cada um arrumou o que trouxera, óbvio.

Natasha, Henry e eu éramos os únicos que restavam. Primeiro íamos a minha casa e à tarde para a praia.

- Vamos?

- Sim - disseram.

Fomos na carrinha a ouvir, Bob Marley, outra vez. Nunca me fartava de ouvir Three Little Birds.

Chegámos a minha casa. Já estava habituada ao visual rústico da casa por fora, por mais que por dentro me agradasse mais – totalmente modernizada. As paredes em amarelo com pequenos padrões em cada esquina da casa e janelas rústicas mas muito bonitas.

Fomos para a sala ver um filme qualquer, bem, a Natasha viu o filme e ficou encantada, já eu fiquei a receber mimos de Henry.

-Meninos, o almoço está pronto! - disse a minha mãe.

Almoçamos bem, ou melhor, na verdade, não almoçámos lá muito bem – mas afinal de contas íamos para a praia, não podíamos ir empanturrados.

A seguir ao almoço fomos para o meu quarto. Tinha um quarto muito bonito, achava eu. As paredes mostravam o mar, tinha móveis em tons de azul claro e uma cama cheia de almofadas e peluches.

- Gosto muito desta foto – disse Henry com aquele sorriso inocente e brilhante apontando para uma fotografia minha com 7 anos a comer um chupa maior que eu.

Ri-me.

Olhei para Natasha, estava com um ar estranho.

- Shasha, o que se passa contigo?

- É que... Olha, não é nada!

- Claro que é, desembucha!

- Eu sinto-me sozinha... Vocês namoram e eu estou muito feliz, mas... estou-me a sentir, a vela. Achas que a Mia pode vir connosco?

- Shasha, isso nem se pergunta, - disse com um ar sério - claro que sim! – sorri.

-Obrigada! - Bailou até á porta do quarto, abriu a porta como se fosse a coisa mais preciosa do mundo e foi telefonar.

Passado cerca de 15 minutos Mia chegou. Já tinha ouvido a Natasha falar sobre ela. Mas não sabia que era tão bela.

Tinha uma pele num tom moreno lindo, olhos verdes e grandes como duas azeitonas, cabelo ondulado e comprido. Tal e qual uma sereia. Era simplesmente linda, até Henry achou – a forma como esbugalhou os olhos demonstrou-o. E como seria de esperar fiquei com ciúmes.

- Olá a todos! Como têm passado? - cumprimentou cada um de nós com um beijo na cara. - Obrigada pelo convite. Segundo a Natasha falta meia hora para acabar o tempo de digestão podemos ir indo para a praia, não?

- Sim, porque não?

Fomos a pé até à praia, que era mesmo do outro lado da rua.

Mia não se importou com a digestão e foi logo para o mar, nós bem a avisámos mas não ligou nenhuma.

Estava deitada ao lado de Henry com um braço em redor da sua cintura a descansar quando começamos a ouvir uma rapariga a gritar. Era Natasha que por sua vez também tinha ido para o mar, que brilhava com o Sol a bater. Levantei-me tão rapidamente como Henry e vimo-la no mar a gritar por socorro. Tínhamos decidido vir para a praia não vigiada apenas por ser mais perto, agora estava tremendamente arrependida.

- Natasha, não! Por favor, não me faças isso - comecei a correr com todas as minhas forças até ao mar e no preciso momento em que coloco um pé na água, desisti. Foi mesmo cruel pensar que isto alguma vez ia acontecer sem eu fazer nada.

Comecei a distinguir ao longe Mia a nadar até ela, pegar nela e ir a nadar até ao areal. O seu cabelo na água, brilhava, ficava um verde acastanhado, com misturas de rosa e roxo. Incrível!

Nesse momento ajoelhei-me ao pé da minha Shasha.

-Temos de chamar uma ambulância - avisei Mia quase a gritar.

-Não é preciso. Eu tenho prática. Tenho aulas de natação desde os 3 anos - wow... Fez-lhe respiração boca a boca até que lentamente os seus olhos se começaram a abrir.

-O.. que.. aconteceu... - tentou dizer a minha Shasha ainda a tossir água.

-Não te esforces. Tens de repousar. Quase te afogaste, mas já está tudo bem – disse Mia ofegante.

E eu em vez de estar a olhar para ela estava a olhar para o vazio, a ver os pássaros a voar, a sentir a brisa do mar e ao mesmo tempo pensar se devia haver alguma melhor amiga pior que eu. De certeza que não…

 

* * *

Espero que tenham gostado. Coitada da Natasha, não é verdade? =P

E a Mia? Ainda vai dar que falar.

 

Só posto o capitulo 3, se tiver 6 comentários, por isso divulguem :P e comentem!


sinto-me: Nervosa
publicado por Pipas às 16:00
link do post | comentar | favorito
|
11 comentários:
De "ⒸⒶⓉ.00" a 3 de Outubro de 2010 às 23:10
Ola ... li hoje os dois capitulos e axo que tens mt geito ... melhor que eu acredita ...

tem piada ver-te dizer que ta mal escrito e nao presta e bla bla bla ...

fico a espera do proximo
(e espero que passes pelo meu ... sei que ja ta num numero grande mas em breve(espero)vou começar uma nova)


bjos
De Pipas a 4 de Outubro de 2010 às 18:37
Gosto imenso do tema da tua fic =P
Ainda nao li, mas vou ler =D
Obrigada =P

PIPAS
De Éli De Oliveira a 5 de Outubro de 2010 às 15:57
Lindo.
De Pipas a 5 de Outubro de 2010 às 16:43
Ainda bem que gostaste ;)
De Bella Cullen a 5 de Outubro de 2010 às 21:12
AHAHA que cute! Mia! eheh a minha best
gostei do capitulo
a parte do quase-afogamento da que pensar...
se visse alguem a afogar-se nao era capaz de reagir axo.
Nao, a minha primeira reacçao era gritar!
ahah mas gostei!!
e mais?
ora...pa tar aqui com blah blah tbm n da!
quand postas o proximo?
dps avisa!
bjss
De PIPAS a 7 de Outubro de 2010 às 17:56
Lol, eu tbm nao era capaz, mas ja vais perceber pk é que a Mia a foi ajudar, dentro de alguns capitulos, ha um segredo no meio disto tudo!
Devo postar Domingo, tenho andado ocupada!
Lol, a tua irmã é mt simpatica!
Kiss
OBRIGADA!
PS: Eu disse irma? AAI
De Kiwiღ a 6 de Outubro de 2010 às 22:34
Podes seguir me tambem?? ;)
beijinhos queridaaa
De joana. ♥ a 7 de Outubro de 2010 às 14:16
ainda bem que gostaste, sim claro vou te meter na minha lista e obrigada.
De Filippa a 7 de Outubro de 2010 às 15:11
Li agora os teus dois capitulos e gostei muito :D
Quando poes mais?
Vou-te seguir, espero que não te importes ;)
De PIPAS a 7 de Outubro de 2010 às 17:58
Ainda bem que gostaste!
Também te vou seguir!
Kiss
De J. a 29 de Outubro de 2010 às 16:53
Terceira vez que leio e continuo a achar lindinho *-*
Vou ver do resto!

Beijinhos

Comentar post

.Mais sobre mim

.Pesquisar neste blog

 

.Arquivos

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

blogs SAPO

.subscrever feeds